Dinheiro ou Amizade?

“Me desculpe” – Ele me disse com a cara mais lavada, abaixou a cabeça e por um momento pensei que ia dizer “por favor tenha dó de mim”. Eu sorri por que não me importo com o que aconteceu, eu me importaria com ele, com seu estado, com sua saúde e preocupações.
Mas com o que aconteceu, oras, eu tenho problemas demais pra querer saber dos seus passados. Se é algo que te aflige então venha conversar comigo, mas se já passou levante a cabeça e enfrente como um homem!
Saiba dizer que errou, que pensou que eu era um besta, um amigo descartável.

Que ironia da vida não é?

Sim eu perdoo facilmente, mas não me esqueço jamais. Além disso suas verdades perderam o crédito. Além disso você me provou o seu valor. Além disso o tempo que ficou ausente (e em dívida) me mostrou que você não faz falta.

Agora, amigo, toca a vida e vê se lá na frente se dê o valor, ou vai te tornar descartável como fez comigo.

Anúncios

Deixe aqui um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s