Instruções de uso

Chegue a qualquer noite e encontre meus braços abertos. Me dê um sorriso que eu te devolvo dois. Toque meus lábios com os olhos. Beije meus ouvidos com a voz.
Se vier de manhã bata na porta duas vezes meu coração bate cem pra te receber. Sorria de novo, sorria sempre. E sim me olhe, me beije, no ouvido e nos lábios.
Se quiser falar então fale, mas só se quiser, porque face a face minha atenção é toda em seus olhos. Eu me vejo neles refletido. Tenha em mãos toda saudade acumulada e deixe-a cair no chão quando eu te envolver no meu abraço. Deixe a paixão surgir e nos carregar pra alguma almofada. Então enlace os pés nos meus, nossos caminhos se encontrariam, e nossos pés merecem se cruzar.
Como um bom homem, como um bom apaixonado, direi coisas absurdas a promessas sem sentido. Se nessa hora você sorrir com o canto da boca meu desejo se aplaca. Meu sentido perde a razão. E eu não respondo mais por mim. Por isso sorria sempre.
Inspire-me dessa vez. E por favor, não me toque com as mãos sem antes tocar-me com a alma. Não seja assim como todas. Seja assim como você é.
Não deixe suas coisas no meu alcance, posso me distrair e tropeçar em alguma sem querer. Não terei o menor cuidado com coisas, só cuido de corações. Traga se você tiver um. Colocamos os dois pra brincar quando segurar a minha mão. Te darei um significado pra cada vão entre seus dedos quando sua mão se encaixar a minha. É só você vir.
É só não ter mais medo. Amor ainda existe pra quem sabe receber.

Anúncios

Deixe aqui um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s