pequeno mundo

Suponho que seja tentador a você quando giro a chave e vejo gigante em miniatura o meu pequeno mundo.
A primeira vista você pode até o desdenhar torcendo o nariz e fingindo ignorar dizendo “este finge ser feliz”.
Espere um minuto, ou dias, que então seu desespero lhe dá o bote, e vaza no teu gesto escandaloso de provar que o meu mundo é pequeno e o teu é o melhor.
Mas agora me ocupo em povoa-lo e o que é de fora não me interessa.
Acharia meu mundo chato, de paredes brancas decoradas com os quadros da minha imaginação.
Meu mundo não lhe satisfaz. Não lhe serve.
Deixo de fora dele as opiniões alheias. E trago aqui dentro gente para pequenas estadias.
Não me culpe, cada um com o seu mundo, para cada império as suas leis.

indiferença

Anúncios

Um pensamento sobre “pequeno mundo

Deixe aqui um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s