Que brilhe a tua luz

Faltam exatamente vinte e seis minutos pra eu te encontrar, e nesses minutos vazios te esperando irei escrever para você. Porque você chegou assim num piscar de olhos, com uma vida toda marcada de São Paulo, dor, frio, calamidade… Ele, desculpe-me o santo, foi negligente contigo. Por isso veio a Santa Catarina… Porque ela tem alma de mãe. No abraço da santa lá estava eu que nem te esperava, mas agora te espero por mais vinte minutos.
Experimento a graça de ter um carinho na vida que não daria valor se não fosse o tempo a te esperar. Nao notaria voce se não fosse a tristeza a me levar pra aquele abraço. Nao correria o tempo se não fossem os seus braços a me soltar.
Minha senhora aparecida, que ilumina a minha vida…

Anúncios

Deixe aqui um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s